PARQUE



A pedreira ocre está agora coberta por uma floresta encantadora, e um passeio por ela é obrigatório. É um parque patrimonial de 1,5 hectares com caminhos para passear, descansar num banco ou numa cama de rede.


Talvez se aviste um par de corços ou a sua cria. As sebes que delimitam o parque estão plantadas com ramos mortos, espinhos e arbustos para abrigar os ouriços-cacheiros.


Éum parque selvagem com cerejeiras e macieiras antigas, uma mirabela, um marmeleiro, carvalhos, castanheiros, avelãs, buxo e pinheiros centenários. Plantamos novas árvores todos os Outonos para substituir as árvores de fruto envelhecidas. Há também um prado de ervas selvagens, dentes-de-leão e margaridas, e o campo de ténis coberto de musgo acolhe espectáculos e concertos no verão! Os chapins azuis e os pica-paus verdes assobiam durante o dia e, na primavera e em novembro, a migração dos grous cruza o céu mesmo por cima das nossas cabeças.

Pausa na rede